Um jeito simples de gerenciar relatórios e dashboards

Um jeito simples de gerenciar relatórios e dashboards

21 de agosto de 2021 Off Por Aula de Gestão

Se você ainda usa relatórios em papel para fazer suas análises, está na hora de conhecer um jeito simples de gerenciar relatórios e dashboards

Sim, é claro que estou falando de B.I. (Business Intelligence) mas neste post vamos tratar o tempo todo como relatórios e dashboards. Afinal, quanto menos técnica for a coisa mais negócio.

Quem precisa de relatórios e dashboards?

Todo gestor de negócio utiliza relatórios para balizar certas tomadas de decisão.

Dependendo do volume de dados gerados pelo negócio e a velocidade em que essas decisões precisam ser tomadas, relatórios e dashboards acessados em tempo real se tornam ferramentas poderosas e indispensáveis.

Veja o inSySti B.I. em ação

Relatórios e dashboards fazem sentido em uma pequena empresa?

Eu diria que “depende”.

Algumas pequena empresas geram um volume de dados tão significativo ao longo de um mês que certamente extrair informações desses dados se torna uma tarefa complicada sem as ferramentas certas.

Da mesma forma que empresas de maior porte podem levar meses para gerar a mesma quantidade de dados.

Mas em linhas gerais empresas que geram uma grande quantidade de dados em suas operações mensais podem se beneficiar do uso de relatórios e dashboards.

Claro que essa não é uma regra, mas certamente pode se aplicar a maioria dos negócios.

E qual a utilidade de relatórios e dashboards?

Vamos tomar como exemplo uma empresa de prestação de serviços que tenha 30 funcionários. Dos quais 20 são técnicos de atendimento de campo.

Imaginemos que essa mesma empresa atende a 400 clientes.

Ao longo do mês esses clientes abrem chamados, por vezes esses chamados dão origem a ordens de serviços.

Essas ordens de serviços são repassadas paras as equipes de campo através de aplicativos mobile.

Só nessa rotina descrita acima dá pra ter uma ideia da quantidade interessante de dados sendo gerados e armazenados no banco de dados da empresa através de diferentes sistemas.

Ai ao final de uma intensa semana de trabalho o gestor do negócio se faz algumas perguntas:

  • Quantos chamados foram abertos?
  • Quantas Ordens de Serviços foram executadas?
  • Quanto faturamos no período?

Até aqui, tudo bem. Qualquer relatório pode responder a isso.

Mas imaginemos que seja necessários fazer perguntas menos óbvias. Como por exemplo:

  • Quantos quilômetros foram percorridos pela equipe técnica?
  • Quantas horas de trabalho/homem foram necessárias para atender aos chamados?
  • Quais os clientes que mais solicitaram serviços nesse período e qual o valor para por eles em seus contratos mensais?

Como podemos ver, um simples relatório certamente não contemplaria todas as possibilidades.

Claro que a área de TI pode desenvolver novos relatórios, mas é bem provável que antes mesmo de coloca-los em produção novas necessidades de informação podem surgir.

E é ai que entram os relatórios e dashboards dinâmicos.

Com eles gerenciar baseado em grandes volumes de informações se torna muito mais fácil.

Como aprender um jeito simples de gerenciar relatórios e dashboards?

A maneira mais simples de gerenciar relatórios e dashboards é utilizando os sistemas inSySti desde o inicio do processo de coleta de dados.

Também é possível utilizar as ferramentas de B.I. da inSySti integrada aos sistemas que você já possui, extraindo dados diretamente do seu banco de dados atual.

Além de ter acesso a tecnologia, você aprende a maneira mais simples de tirar os melhores resultados dela.

Conheça inSySti agora

www.insysti.com.br